De EXCESSO DE PESO a VICE-CAMPEÃO

“Não dês desculpas a ti próprio” Paulo Figueiredo

De EXCESSO DE PESO a VICE-CAMPEÃO

De EXCESSO DE PESO a VICE-CAMPEÃO

Paulo Figueiredo passou de uma pessoa com excesso de peso para Vice-campeão Nacional de Triatlo (categoria V1). Mudou a sua vida.

Há histórias incríveis e depois há aquelas que nos motivam ao ponto de nos fazerem pensar no rumo que estamos a tomar. E fazem-nos acreditar. Se ele consegue, porque não conseguirei eu também? Paulo é também um exemplo e uma prova viva de que é possível ser um profissional de sucesso, ter uma vida familiar intensa e ter ainda tempo e força de vontade para combinar tudo isto com a sua “nova” vida no desporto. Como é que consegue, Paulo?

Dado que o Triatlo congrega 3 disciplinas distintas torna-se fundamental assegurar vários aspetos:

Organização:

Precisamos treinar as 3 modalidades, pelo que no início da semana organizo o plano de treino semanal de acordo com a minha vida profissional e pessoal, treinos antes ou depois do trabalho (algumas vezes fora de horas) e conciliados com as atividades familiares. Vou levar o meu filho à escola e no caminho para o trabalho ainda vou à piscina, assegurando que às 09:00 estou no escritório.  No final do dia os miúdos têm atividades e aproveito para durante as mesmas fazer o meu treino de corrida. Quando chegamos a casa e se for dia de ciclismo ainda faço o treino nos rolos podendo durante o mesmo saber como lhes correu o dia. Assim, ninguém rouba tempo a ninguém!

Disciplina:

O Meu lema é “Não dês desculpas a ti próprio”. Se por alguma razão não podes fazer 1 hora faz 30 minutos, se não podes às 07:00 deita-te mais cedo e corre às 06:00, se não podes hoje faz amanhã, e lembra-te que alguém mais ocupado que tu está a treinar nesse preciso momento.

Perseverança ou teimosia:

Venho de uma realidade muito distinta de um desportista, à semelhança de muitas outras pessoas não era desportista até ao momento em que o excesso de peso e um conjunto de maus hábitos me fizeram entender que estava num caminho perigoso. Ao longo da minha vida sempre gostei de desafios e de provar que, quando queremos, somos capazes. Foi assim que meti na cabeça que não só iria perder peso como para o conseguir iria fazer um Triatlo. Foi assim que começou esta viagem em Maio de 2012.

Ambição ou desafio:

Gosto de desafios e o triatlo, em particular de longa distância, tem a característica de ser um desafio pessoal e mental contigo próprio e com os teus limites, ouvi demasiadas vezes ao longo da vida “isso é impossível”, até que deixei de acreditar nessa frase. Acho que os impossíveis somos nós que os criamos apenas porque em algum momento se tornaram convenientes, gosto de me desafiar e provar apenas a mim próprio que sou capaz.

 

PARABÉNS PAULO FIGUEIREDO!

Boas Corridas!

Run Is a GIFT

Powered by FLIPBELT

FB0114-NEOP-CTHRU

Leave a Reply